domingo, 9 de outubro de 2011

Uma menina no caminho simples, disse à sua mãe:



"Estou seguindo as suas pegadas, mãe, e não quero cair.



Algumas vezes eu as vejo nítidamente.



Outras, mal posso enxergá-las



Caminhe um pouco mais firme, mãe!



Para eu poder segui-la.




Eu sei que há muitos anos você percorreu caminhos



Que não queria percorrer.



Conte-me tudo sobre este tempo, mãe,



Pois eu preciso saber.



Porque, às vezes, quando eu duvido,



Eu não sei o que fazer.



Caminhe um pouco mais firme, mãe!



Para eu poder seguí-la.





Um dia, quando eu crescer,



Você é quem eu gostaria de ser.



Então, terei uma pequena garotinha,



Que vai querer me seguir.



Eu quero poder saber conduzí-la à verdade!



Caminhe um pouco mais firme, mãe!



Para eu poder segui-la".






Livro: Normose/A patologia da normalidade



Pierre Weil/Jean -Yves Leloup/ Roberto Crema



Verus Editora






Como é bom ter mãe


Como é bom ser mãe


Como é bom ter filha


Como é bom ser filha

7 comentários:

  1. Que história linda, linda linda!...

    Realmente, como é bom ter mãe, ser filha ter filha!!! Vivencio estas três etapas da vida e aprendo muito com todas elas...

    Mais um lindo e maravilhoso post...
    Beijos e um lindo dia !!
    Liz

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo e ao final, lindo também teu poetrix! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Hercilia Vasconcelosdomingo, 09 outubro, 2011

    Eliete , minha amiga!!!!! amei ouvir palavras que nos engradecem como mãe e também como filha pois um dia eu fui filha de uma grande mulher e hoje me espelho nela , me ensinou a vida como ela é, me ensinou a ser tolerante quando em alguns momentos pareciam desmoronar eu me levantava e me levanto ainda.... pois foi assim que aprendi a ser mulher.Sempre procurei passar também êsse aprendizado a meus filhos ,pois a vida é feita de momentos bons e ruins e temos que ser fortes para vencer todos os obstáculos..............Beijos vc é muito especial.

    ResponderExcluir
  4. AÍ QUE SAUDADES DEU DA MINHA TERNA MÃEZINHA!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá,Eliete!!

    Que lindo querida!! Mas apesar de amar muito minha mãe, nunca quis seguir os passos dela...
    e agora tenho uma garotinha...será que ela também não vai querer seguir meus passos?!
    **Bem do jeito que minha pequena é implicante...é bem capaz de não querer mesmo se concordar comigo...rsrsr
    beijos!!

    ResponderExcluir
  6. É Eliete, mãe é mãe, é aquela que está sempre a nos guiar, nos ajudar a caminhar.... como é bom ter a mãe para estar sempre ao nosso lado.... por isso que sempre valorizo minha família, meu pai, minha mãe e meus irmãos....
    Um forte abraço Eliete e obrigado pelo apoio no meu blog!
    fique com Deus

    ResponderExcluir
  7. Que lindo Eliete!!!!
    Ao ser mãe descobrimos que enquanto filhas não tínhamos noção da imensidão do amor que nutre essa empreitada de conduzir ao simples caminho da verdade...
    Tudo o que uma mãe quer é mesmo andar a passos firmes para "abrir o caminho" e não deixar quem mais ama tropeçar nos obstáculos já desvendados... e amparar para a superação dos ainda desconhecidos.
    Não existe amor maior que amor de mãe!
    Beijos e ótima semana.

    ResponderExcluir

Apontadora de Idéias

Minha foto
São Paulo, Brazil
"A senhora me desculpe, mas no momento não tenho muita certeza. Quer dizer, eu sei quem eu era quando acordei hoje de manhã, mas já mudei uma porção de vezes desde que isso aconteceu. (...) Receio que não possa me explicar, Dona Lagarta, porque é justamente aí que está o problema. Posso explicar uma porção de coisas... Mas não posso explicar a mim mesma." (Lewis Carroll)

Arquivo do blog