segunda-feira, 7 de março de 2011

Ganhei mais um selinho do blog :http://naimorbeck.blogspot.com/
Vale a pena conhecê-lo.
Obrigada Nair!

Perguntei a um sábio,
a diferença que havia entre amor e amizade,
ele me disse essa verdade...
O Amor é mais sensível,
a Amizade mais segura.
O Amor nos dá asas,
a Amizade o chão.
No Amor há mais carinho,
na Amizade compreensão.
O Amor é plantado e com carinho cultivado,
a Amizade vem faceira,
e com troca de alegria
e tristeza,
torna-se uma grande e
querida companheira.
Mas quando o Amor é sincero
ele vem como um grande amigo,
e quando a Amizade é concreta,
ela é cheia de amor e carinho.
Quando se tem um amigo
ou uma grande paixão,
ambos sentimentos coexistem
dentro do seu coração.
William Shakespeare

6 comentários:

  1. Bom Dia Amiga!!!

    Parabéns pelo selinho...Você merece,o blog é uma delicia!!!
    O Amor e a Amizade andam de mãos dadas!!!

    Apesar do Dia cinza,espero que esteja aproveitando o feriado!!!

    Um beijão

    ResponderExcluir
  2. Eliete,

    Você não faz idéia do quanto
    acho lindo esse texto do Shakespeare ...
    :)

    Obrigada pela leitura que me é tão
    bonita.

    Bjo e que seu Dia seja repleto
    de Paz e Sorrisos.

    ResponderExcluir
  3. AH...ELIETE...COMO É UMA HONRA TE-LA NO MEU SIMPLES BLOG!!!
    ATÉ PARECE QUE ESTOU VENDO VC LER ESSE TEXTO DE SHAKESPEARE...COM ESSA VOZ SUAVE QUE ADORO,JÁ TE DISSE ISSO..."SEU BOM DIA,BOA TARDE E BOA NOITE ...É INDESCRITÍVEL"!!!
    QUEM VAI TE ACOMPANHAR DE HJ EM DIANTE ,SOU EU...
    ADOREI A VISITA!!!BEIJÃOOOOOO

    ResponderExcluir
  4. Acho lindo esse texto do Willian Shakespeare. Bela escolha para o post. Beijinhos e uma linda semana.

    ResponderExcluir
  5. Um encanto!!

    "Mas quando o Amor é sincero
    ele vem como um grande amigo,
    e quando a Amizade é concreta,
    ela é cheia de amor e carinho."

    Suspiros...

    ResponderExcluir

Apontadora de Idéias

Minha foto
São Paulo, Brazil
"A senhora me desculpe, mas no momento não tenho muita certeza. Quer dizer, eu sei quem eu era quando acordei hoje de manhã, mas já mudei uma porção de vezes desde que isso aconteceu. (...) Receio que não possa me explicar, Dona Lagarta, porque é justamente aí que está o problema. Posso explicar uma porção de coisas... Mas não posso explicar a mim mesma." (Lewis Carroll)

Arquivo do blog