sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Ganhei este selinho da minha amiga Vivian do blog:
Obrigada Vivian

Agora vamos lá: Passar para 15 pessoas
Ana Mattos
Nelson Aharon
Vivi
Angelina
Sara
Chica
Guaraciaba
AC
Ana Paula
Vanessa Souza Moraes
Si Fernandes
Suzi Montenegro
Patrícia Maez
Glorinha L. de Lion
Esther

Nome: Eliete

Uma música: todas de Chico Buarque e Caetano Veloso

Humor: equilibrada

Uma cor: Azul

Uma estação: Outono

Como prefere viajar: de carro

Um seriado: House

Frase ou palavra dita por você: Que Deus te abençõe

O que achou do selo: Lindo!! Um prazer recebê-lo de Vivian







7 comentários:

  1. Eliete,
    Gostei de carinhos, tornam-nos mais humanos. Obrigado por se ter lembrado de mim.

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  2. Oi, sou Arione. Gostei muito do seu blog. Estou seguindo. Segue o meu?
    http://arionetorres.blogspot.com/
    Um abraço...

    ResponderExcluir
  3. Olá Eliete o selo é lindo obrigado por mencionar meu nome fico lisonjeado. Posso pegar o selo sem as regrinhas? já tentei várias vezes fazer isto mas ninguém vem pegar o selo, fico tristinho com isto mas o que fazer neh? vou esperar um retorno se puder pegar e colocar o teu link será um prazer, abração.

    ResponderExcluir
  4. Nelson fique a vontade, o importante é o carinho manifesto e a apreciação que faço ao seu trabalho. Tb penso que o melhor é receber o selo
    e enviar aos amigos. Não sei se estou quebrando alguma corrente, não entendo muito disto. O que vale é a intenção .um abraço

    ResponderExcluir
  5. Eliete Querida!
    Muito Obrigada pela lembrança e carinho.
    Já peguei meu selo!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Que honra receber esse selinho seu... Já peguei e vou pensar em lugar bem especial para ele.
    Beijos.
    Ps. Também gosto de mais de tudo de Caetano e Chico.

    ResponderExcluir
  7. Obrigada Eliete pela delicadeza em se lembrar de mim, beijos,

    ResponderExcluir

Apontadora de Idéias

Minha foto
São Paulo, Brazil
"A senhora me desculpe, mas no momento não tenho muita certeza. Quer dizer, eu sei quem eu era quando acordei hoje de manhã, mas já mudei uma porção de vezes desde que isso aconteceu. (...) Receio que não possa me explicar, Dona Lagarta, porque é justamente aí que está o problema. Posso explicar uma porção de coisas... Mas não posso explicar a mim mesma." (Lewis Carroll)

Arquivo do blog